A internet está presente na vida de todos, e cada vez mais, em um tempo maior. Antes, usamos a internet apenas para nos comunicarmos por e-mail ou consultar uma ou outra informação. Hoje, a internet é acessada centenas de vezes ao longo do dia por uma única pessoa. Em alguns casos, podemos dizer serem milhares os minutos que uma pessoa passa conectada.

Com essa necessidade crescente da internet nas nossas vidas, novos equipamentos foram criados para ajudar os humanos. O roteador tp link é um desses equipamentos, que facilita a conexão à internet em lugares onde o sinal do roteador comum não chega. Além desse roteador, existem uma infinidade de roteadores que prometem melhorar a conexão das pessoas.

De início, eles serviam apenas para enviar o sinal da internet para outros dispositivos que não estavam conectados pela internet com o cabo. Aliás, o cabo foi a primeira forma de conexão pela internet, mais especificamente, o cabo do telefone da casa, já que as conexões começaram a partir das linhas telefônicas.

Porém, para nossa sorte, o modelo de conexão evoluiu e os aparelhos de conexão que encontramos apresentam muitas outras funções para além da de rotear a conexão da internet. Eles protegem nossos dados, encontram as melhores rotas e fornecem todo o suporte para manter a nossa conexão com a internet estável e durável.

Existem algumas funções essenciais para todo e qualquer roteador, confira a seguir uma lista que separamos para vocês.

Estático vs. Dinâmico

Antes de tudo vale diferenciar o roteador estático do roteador dinâmico. Enquanto aquele cria conexões mais lentas, pois, o caminho criado entre ele e o aparelho é fixo e não muda, esse último possui uma tecnologia de inteligência artificial que busca as melhores rotas para a conexão, sem se fixar em uma única. Os roteadores estáticos são mais fáceis de serem encontrados, enquanto os roteadores dinâmicos são mais caros e difíceis.

WPS

Roteadores enviam o sinal para qualquer dispositivo nas proximidades. Até o momento inexiste tecnologia que faça o roteador enviar sinal para aparelhos pré-selecionados. Por conta disso, é importante que o seu roteador tenha uma senha que impossibilita que pessoas indesejadas o acessem. Essa tecnologia já existe e se chama WPS, um sistema de segurança que protege o seu sinal de Wi-Fi de outras pessoas desconhecidas.

Ethernet

Para quem gosta de mais velocidade, os roteadores com a função ethernet são uma ótima opção. Esses aparelhos possuem entradas e saídas via cabo, permitindo que o usuário faça sua conexão direta com quem propaga o sinal. Quando o sinal chega por Wi-Fi, uma parcela dele se perde no caminho, o que não ocorre com conexões feitas a partir do cabo.

ADSL

Por fim, ADSL (Asymmetric Digital Subscriber Line) é uma formato de conexão mais rápido e que faz a transmissão de dados por linhas telefônicas, deixando a conexão mais veloz, muito melhor que o sinal emitido por um modem convencional. Além disso, modems com ADSL possuem um ótimo custo benefício, por serem baratos e facilmente encontrados nas principais lojas de departamentos eletrônicos do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui